sábado, 9 de janeiro de 2010

Arranjos: o toque final da Mesa


Arrumar uma mesa, como qualquer trabalho criativo, depende de inspiração e conhecimento. Normalmente, parte de uma idéia a ser desenvolvida.
A decoração da sala de jantar compõe-se de uma bela toalha, algum acessório original, podendo servir como ponto de partida para criar o arranjo que se pretende de embelezar uma mesa. Quando se faz a escolha, o arranjo deve combinar com os demais elementos da mesa, com o clima e estilo de reunião social que se quer organizar. Cada ocasião possui uma atmosfera. Uma concepção ornamental a ser mantida, mesclando todos os toques que irão compor o cenário idealizado de uma mesa.
Sempre haverá um ítem que se realça pela sua beleza, não necessariamente relacionado à função prática de se servir, o qual vai representar o ponto alto da mesa. Arranjos compostos de flores, frutas ou outros elementos devem ser valorizados e expressar criatividade. Terão a mesma importância dos pratos, talheres e tornam-se o toque de carinho numa mesa.
A variedade de elementos ornamentais é extensa. Pode-se criar uma infinidade de arranjos, que sempre estará ligada à personalidade do anfitrião e sua inspiração.
Flores frescas cortadas do jardim, ou compradas em lojas especializadas nesta categoria, são tradicionalmente os ítens mais usados. Também podemos nos valer de folhagens, misturadas com flores artificiais, desde que estas sejam de boa qualidade. É aceitável utilizar-se pequenos vasos de plantas com flores ou folhas.
O suporte onde será colocado o arranjo é outro detalhe importante. Pode-se ter fruteiras, vasos de porcelana, prata, cerâmica, cristiais ou vidro. Dependendo da ocasião, são muito bem-vindos os de palha, os quais ficam melhor dispostos nas mesas informais ou ao ar livre.


Deve-se ter em mente as seguintes regras básicas:
  •       As cores dos ítens devem combinar entre si. Matizes diferentes criam o efeito de mancha. É mais elegante quando se usa uma só cor predominante, ou nuances diferentes dessa tonalidade;
  •      O odor jamais deve ser por demais acentuado, a fim de que não interfira com os aromas dos alimentos servidos no jantar;
  •       Cuidado especial deve ser observado ao dispor-se do arranjo, para que este não venha incomodar os convidados;
  •      A disposição do arranjo deve ser de tal forma que, ao ser observado de qualquer ângulo, esteja harmonioso;
  •      Caso o anfitrião deseje chamar a atenção sobre o arranjo, deverá valer-se de cores quentes, tais como:vermelho, laranja e amarelo;
  •    Existem cores frias, a exemplo do azul, violeta e cores pastel, as quais lançam um efeito de calma e delicadeza;


É preciso manter sempre em mente que a composição de um arranjo de mesa representa uma tarefa agradável, criativa e de autorealização. Precisa-se de todo o cuidado na elaboração do arranjo, tendo em vista que é da mesma importância que a escolha e preparação do menu, a seleção da louça, talheres, cristais e demais ítens venham compor a mesa de tal modo que estejam impecáveis.
O maior elogio ao anfitrião, é a percepção advinda da satisfação dos seus convidados.




Os convidados vão adorar!









5 comentários:

  1. ADORO TUDO SOBRE ETIQUETAS!!!GOSTEI DO SEU BLOG!!! JÁ ESTOU T SEGUINDO! T ESPERO NO MEU BLOG!BJOKAS!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá MANU PINK, ja visitei o seu blog, estarei sempre por aí, é lindo!
    Abraço,
    Martha

    ResponderExcluir
  4. Martha, passei pra conhecer seu blog.
    Gostei!!
    Voce aborda varios assuntos que me interessa muito,voltarei sempre aqui.

    ResponderExcluir
  5. Susi, estarei sempre te esperando, seja muito bem vinda!!
    A delicadeza e elegância faz parte do bem viver, aproveitemos.
    martha

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails